Quinta | 14 de Dezembro de 2017
O que você deve saber sobre o pagamento do 13º salário.

O Piratini enviou à Assembleia projeto que prevê o pagamento via empréstimo bancário. Proposta deve ser votada na próxima terça-feira (19) pelos deputados.

Para receber o 13º salário este ano, os servidores estaduais, aposentados e pensionistas, terão duas opções:

1) receber o 13º salário diluído em 12 prestações, a partir de janeiro, com indenização mensal de 1,42% sobre o saldo remanescente.

2) 2) recorrer a empréstimo bancário, caso a Assembleia aprove, na próxima terça-feira (19), projeto encaminhado pelo governo do Estado autorizando o Executivo a parcelar o pagamento do benefício.

Segundo o presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Veras Mota, em entrevista à Rádio Gaúcha na manhã de hoje, está sendo definida taxa de juro não superior a 1,39% ao mês. Com isso, a expectativa é de adesão de 70% dos servidores.

Dúvidas sobre o 13º de servidores via empréstimo

Como o servidor deve agir?

1º) O projeto do governo do RS precisa ser aprovado pela Assembleia.

2º) Depois, o servidor vai ao seu banco e faz o empréstimo.

3º) O governo ressarce o custo do empréstimo diretamente ao servidor, em sua folha de pagamento, com correção de 1,42% ao mês.

Como o custo da operação será cobrado?

As operações são independentes:

1º) O governo credita a correção no contracheque do servidor.

2º) O banco debita o valor da operação na conta corrente do servidor.

Como será o processo na rede bancária?

1) O Banrisul deve disponibilizar linha de crédito nessas condições. O empréstimo pode ser solicitado nas agências bancárias, nos caixas eletrônicos e pelo celular, através de aplicativo do banco.

2) Demais bancos podem, se optarem, oferecer os mesmos patamares.

3) Os servidores que não são correntistas do Banrisul poderão abrir conta no banco.

4) Quem fez portabilidade da folha e recebe seus rendimentos em outro banco, devem procurar uma agência do Banrisul e solicitar portabilidade apenas para o recebimento do 13º via Banrisul.

O financiamento é facultativo?

Sim. O servidor que optar pela operação receberá o valor do seu 13º salário em dia e sem qualquer prejuízo, pois as despesas bancárias serão custeadas pelo Estado.

E o servidor que optar por não fazer a operação?

Receberá o pagamento do 13º em 12 parcelas mensais, a serem pagas a partir de janeiro. O montante será acrescido de indenização. O percentual proposto é de 1,42% ao mês.

Quem poderá fazer empréstimo bancário para antecipar o 13°?

Todos os servidores. Segundo o presidente do Banrisul, haverá uma solução financeira para cada caso. O empréstimo será concedido mesmo para quem tem ações contra o Banrisul, não precisa abrir mão da ação.

Quem está negativado no Banrisul, sem capacidade de fazer empréstimos, terá essa possibilidade também?

Nestes casos precisará procurar sua agência, pois deverá fazer um aporte financeiro para acordo da dívida.