Terça | 18 de Julho de 2017
Voo 3054 da TAM: especialistas, parentes e amigos de vítimas reclamam de impunidade

A maior tragédia da aviação brasileira, o acidente com o voo JJ3054 da TAM, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, está completando dez anos nesta segunda-feira. O desastre, que chocou a opinião pública brasileira, provocou 199 mortes e, até hoje, parentes e amigos de muitas vítimas aguardam justiça.

Matéria feita pela Rádio Sputnik. 

No dia 17 de julho de 2007, um Airbus A320 da TAM, que tinha partido de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, aterrissou na pista molhada do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e, sem conseguir frear, atravessou a Avenida Washington Luís, a uma velocidade de 170 km/h, e se chocou contra o prédio da própria companhia aérea e um posto de gasolina, causando uma grande explosão. As 187 pessoas a bordo e outras 12 que estavam em solo não resistiram.

Leia matéria completa em Rádio Sputnik