Quinta | 15 de Agosto de 2019

ENTREVISTA ESPECIAL COM FILIPE COSTA LEIRIA AO INSTITUTO HUMANO UNISINOS. 

O texto-base da reforma da Previdência aprovado na semana passada na Câmara dos Deputados possui três eixos centrais, as alterações paramétricas, a desconstitucionalização da matéria previdenciária e a privatização da previdência complementar pública, e o resultado desse conjunto de medidas “é uma exclusão previdenciária e a criação de uma massa de inaposentáveis: severa redução da taxa de cobertura (um número menor de pessoas vai acessar a previdência) e da taxa de reposição (o primeiro benefício de aposentadoria na comparação com o último salário da ativa diminui)”, avalia Filipe Costa Leiria, auditor público externo junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul.

Na entrevista a seguir, concedida por e-mail à IHU On-Line, Leiria comenta as implicações da reforma proposta pelo governo e defende a necessidade de incluir proteções adicionais à proposta e maior controle social e fiscalizatório do sistema previdenciário para romper com a história da Previdência Social brasileira, que “foi saqueada para financiar o orçamento fiscal”.

Quarta | 14 de Agosto de 2019

📍 Quadro de pagamento da folha salarial de julho de servidores públicos, aposentados e pensionistas do Estado. Governo manterá o sistema misto de pagamento, por grupos e parcelas.

📎Na terça-feira foram pagos os contracheques de quem recebe vencimento líquido de até R$ 2,5 mil.

Quarta | 14 de Agosto de 2019

O governo do Estado protocolou o Projeto de Lei 377/2019 na última sexta-feira, 09, buscando sanar diversos problemas de natureza operacional e de gestão referentes ao processamento administrativo dos pagamentos dos precatórios e Requisições de Pequeno Valor (RPNo caso dos Precatórios, apesar de os recursos serem providos pelo Tesouro do Estado, atualmente o processamento, empenho e liquidação ocorrem de forma descentralizada pelas diferentes entidades. Com as RPVs, o processamento da despesas e os pagamentos também ocorrem de forma descentralizada, porém, também demandam aportes específicos do Tesouro.

Terça | 13 de Agosto de 2019

Matéria de Juliana Bublitz, na ZH de segunda-feira (12.08).

Motivo de angústia para milhares de credores, a dívida do Estado com precatórios voltou a crescer, mas em ritmo menor do que no último ano. Em julho, incluindo débitos já registrados para pagamento no orçamento de 2020, o passivo atingiu a marca de R$ 15,7 bilhões, quase quatro vezes o valor previsto para a saúde em 2019. São 60,2 mil títulos à espera de quitação, 2,9 mil a mais do que no ano passado.

Segunda | 05 de Agosto de 2019

Nesta quinta-feira iremos nos reunir para conversar sobre as essências florais e como elas podem auxiliar o nosso processo de cura pessoal. O encontro vai abordar o autoconhecimento e desenvolvimento humano, através da Terapia Floral.

Quinta | 01 de Agosto de 2019

O governo do Estado anunciou nesta quarta-feira (31/7) que manterá o sistema misto de pagamento, por grupos e parcelas, para a folha de julho do Poder Executivo. Como antecipado na semana passada, a Secretaria da Fazenda confirma o início dos depósitos no dia 13 de agosto, quando quitará os contracheques de quem recebe vencimento líquido de até R$ 2,5 mil, representando 53,8% dos vínculos totais.