facebooktwitter     instagram

ARTE FINAL SELO 32 ANOS FUNDO TRANSPARENTE

Terça | 28 de Junho de 2022
UNIÃO GAÚCHA RECEBE O CANDIDATO A GOVERNADOR LUIS CARLOS HEINZE
UNIÃO GAÚCHA RECEBE O CANDIDATO A GOVERNADOR LUIS CARLOS HEINZE

A União Gaúcha recebeu, na manhã de segunda-feira (27), o candidato a governador, senador Luis Carlos Heinze (PP). A visita faz parte da série debates que a UG fará com os candidatos ao governo do estado.

O senador Luis Carlos Heinze foi questionado pelo colegiado acerca dos principais temas em pauta na entidade, como o Regime de Recuperação Fiscal, a Dívida Pública e a atual situação do IPE Saúde.

Critico à adesão do estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), Heinze pretende, caso eleito, articular uma negociação em conjunto, do RS com os outros governadores de estados que possuem dívidas significativas com o governo federal, como o Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. “Temos que discutir o modus operandi. Eu quero achar uma forma. Isso é mais um abacaxi. Estou em campanha, na hora certa irei tratar desses assuntos”, declarou.

O pré-candidato demonstrou pouco conhecimento acerca da situação atual do IPE saúde, o que levou a presidente do Sinapers e representante da União Gaúcha no Conselho de Administração do IPE Saúde, Katia Terraciano, a questionar o candidato: “O Sr. tem conhecimento do tamanho da dívida do governo do estado para com o IPE Saúde, relativo a paritárias atrasadas, precatórios e RPVs e imóveis? É uma dívida expressiva, o governo do estado tem se apropriado de valores indevidamente, relativos ao percentual do pagamento de precatórios e RPVs ao longo de muitos anos. Caso o senhor seja eleito, qual a sua posição diante dessa dívida?”

O candidato Heinze não soube dimensionar o tamanho da dívida e questionou: “Qual é o valor? Me passa esses números, estou estudando essa questão. Tem que me passar para eu ver como resolver. É mais uma abacaxi nas minhas mãos.”

“Entre paritárias das pensionistas, imóveis e percentuais de RPV’s não repassados, a dívida do Estado para com o IPE Saúde chega a quase um bilhão de reais, sem contar o valor de precatórios que não está disponível para consulta”, informou Terraciano.

  • Luis Carlos Heinze é engenheiro agrônomo, e atualmente senador do Rio Grande do Sul pelo Progressistas (PP). Com atuação como produtor rural, já foi prefeito de São Borja (RS), de 1993 a 1996, e deputado federal pelo Rio Grande do Sul, de 1999 a 2019. Lançou em julho de 2021 a sua pré-candidatura ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Aliado do presidente da República, o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)  defendeu na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID (de 27 de abril a 15 de outubro de 2021) o tratamento precoce e o uso de remédios sem eficácia comprovada, como ivermectina e cloroquina. As únicas medidas realmente comprovadas contra o vírus são: o uso de máscara, álcool em gel e vacinação em massa.