Segunda | 20 de Julho de 2020

Com a pandemia do Coronavírus, os atendimentos presenciais do IPE Saúde foram suspensos e os serviços têm sido prestados de forma online, com a criação de e-mails para cada tipo de solicitação. No entanto, para o atendimento ser prestado de forma ágil e adequada, é necessário que os usuários enviem seu pedido com as informações e a documentação corretas e completas em um único e-mail. 

Segunda | 13 de Julho de 2020

A Fazenda começa a pagar, nesta segunda-feira (13), a folha de junho para os servidores que recebem acima de R$ 1,5 mil. Para esse grupo, a semana prevê o pagamento de duas parcelas, ambas de R$ 1,5 mil: uma na segunda-feira e outra na terça (14).

Sexta | 10 de Julho de 2020

O pagamento da folha de junho começa nesta sexta-feira (10). O primeiro depósito quitará o grupo do funcionalismo que recebe líquido até R$ 1,5 mil.

Quem recebe acima deste valor terá os contracheques pagos no sistema de parcelas. O Estado depositará a primeira no valor de R$ 1,5 mil na próxima segunda-feira (13).

Sexta | 10 de Julho de 2020

Na manhã desta quinta-feira (09) a presidente do Sinapers, Katia Terraciano participou de audiência pública virtual promovida pela Comissão Segurança e Serviços Públicos, presidida pelo deputado Jeferson Fernandes (PT), que abordou a situação do IPE Saúde na pandemia e a contratação de serviços entre IPE Saúde e Unimed, entre outros assuntos.
Além do sindicato, Katia representava a União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública, juntamente com o conselheiro Ives Lucas (Fasp).

Quarta | 08 de Julho de 2020

O Sinapers repudia a promoção por parte do governo de mais um duro ataque ao funcionalismo estadual ao alterar a forma de escolha dos Diretores de Provimento de Saúde e Relacionamento com Segurado e restringir a indicação do vice-presidente a representantes do governo, no Conselho de Administração do IPE Saúde.  

A União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública e a Frente dos Servidores Públicos denunciaram através de uma nota enviada a todos os parlamentares, o caráter antidemocrático da iniciativa ao excluir os servidores de um mecanismo que tem por objetivo principal fiscalizar a gestão de instituição que atende a cerca de um milhão de pessoas no Estado, lutando pela defesa do caráter público, do controle social e da transparência, princípios de fundação e funcionamento do Instituto de Previdência do Estado e do IPE Saúde.

Terça | 07 de Julho de 2020

A União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública e a Frente dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul manifestam repúdio aos Projetos de Lei nº 115/2020 e 116/2020, de autoria do Poder Executivo, que promovem mais um duro ataque ao funcionalismo estadual, dessa feita contra o Instituto de Previdência do Estado, mais precisamente em face do IPE Saúde. Através deles, o governo Eduardo Leite busca alterar o modelo de indicação do Conselho de Administração do IPE Saúde de forma que os dirigentes sejam escolhidos exclusivamente pelo governo estadual, limitando a participação das entidades representativas dos servidores da composição do conselho.