Quarta | 27 de Novembro de 2019

O Sinapers – Sindicato dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas do Estado do RS manifesta apoio total aos educadores que, na tarde desta terça-feira (26), foram alvo de uma injustificável e inaceitável violência, ao serem covardemente agredidos com gás de pimenta e cassetetes, em manifestação história contra os projetos do governo que agudizam, ainda mais, a situação de miséria que vivem os professores.

Sexta | 22 de Novembro de 2019

O pagamento do 13º salário a servidores públicos aposentados e pensionistas do Estado será pago, novamente, por meio de empréstimo bancário.  O projeto de lei que regulamenta o pagamento via empréstimo, com juros pagos pelo Estado, encontra-se na Assembleia Legislativa, aguardando votação.

Terça | 12 de Novembro de 2019

Com mudanças na Previdência dos servidores, governo Leite projeta economia de R$ 17 bilhões emm 10 Anos. Conforme Secretaria da Fazenda, soma representa 12% do déficit previdenciário previsto no período.

Matéria de Juliana Bublitz, Zero Hora (12.11) páginas 6 e 7. 

Segunda | 11 de Novembro de 2019

funcionalismo gaúcho terá o salário de setembro quitado na quarta-feira (13) pelo governo de Eduardo Leite. Nesta terça-feira (12), o Palácio Piratini deposita uma parcela de R$ 3,35 mil, honrando com o contracheque de 75% dos servidores. Na quarta, a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) fará novo depósito, concluindo a folha do referido mês. Até agora, foram pagos integralmente os vencimentos de quem recebe até R$ 2,5 mil líquidos.

Terça | 05 de Novembro de 2019

Os idosos ganharam um espaço especializado junto ao CEJUSC - POA (Centro de Solução de Conflitos e Cidadania) para tratar de assuntos relacionados a dívidas, abandono, litígios familiares, problemas com vizinhos, violência doméstica, além de informações sobre direitos e serviços. Os temas poderão ser tratados no Foro Central I (entrada pela Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 7° andar, sala A 704), Porto Alegre.

Terça | 05 de Novembro de 2019

O pacote do governador Eduardo Leite reproduz no plano regional aquilo que foi permitido na PEC 06/2019 encaminhada pelo banqueiro, hoje ocupante do cargo de Ministro da Economia, Paulo Guedes. A receita não é nova, idealizada pelo setor financeiro, encontra raízes no modelo Chileno. Em síntese, o Estado deve se retirar radicalmente da previdência social, servindo também uma saída paulatina, caso o ambiente político ainda não seja favorável a movimentos mais agudos. Tudo em nome de um superávit financeiro de curto prazo que assegure o pagamento de dívidas com bancos, nunca auditadas pelo poder público. Essa seria a única alternativa, a bala de prata, dos aduladores do projeto chileno, a dupla Guedes e Eduardo Leite.